Jessie Miranda

Minha foto
Até nas flores encontra-se a diferença da sorte; umas enfeitam a vida, outras enfeitam a morte!

segunda-feira, 28 de julho de 2008

O retorno...

Olá Colegas amiguinhos, e amiguinhas... Hoje vim aqui falar do meu trabalho. Sim! Vim aqui falar de fotografia! Vamos do início. Na semana passada uma modelo entrou no meu orkut me convidando para uma seleção na quinta-feira. Como trabalho fixo, agradeci o convite e disse que hoje em dia trabalho como modelo apenas aos finais de semana. Ela me respondeu com o endereço de e-mail dela via depoimento e pediu meu telefone para explicar como seria o trabalho. Li aquele resumo achei interessante e passei meu telefone para ela, após uma hora ela entrou em contato comigo dizendo que pelo fato da agência ter gostado muito do meu perfil e tinham me aprovado pelas fotos, e precisaria ir na seleção de sábado, mas adiantei por e-mail algumas fotos com biquíni, pois a seleção seria assim. No sábado quando cheguei na agência, dei de cara com aquelas meninas que só comem alfaces, e maçãs argentinas, por essas não serem ácidas e não "agredirem" o organismo. Quando entrei e olhei essa cena lembrei da menina dizendo para mim: Ela:Quanto você tem de altura? Eu: 1,65 cm Ela: Não tem problema, o pessoal gostou bastante do seu perfil e mesmo pegando acima de 1,68 cm, fique tranqüila e venha com biquini! Voltei a meu estado normal e sentei ao lado de uma moça de um 1,70 cm, e apesar de magra, com hábitos alimentares normais como os meus. Isso vim saber depois. Comecei a reparar no lugar e quando me permiti olhar o logo que estava na recepção, abaixo do logo da agência estava escrito: PARIS, MILÃO, SÃO PAULO. Aquele contato visual me deu realmente a noção exata de onde eu estava me metendo. Só aí comecei a ficar um pouco ansiosa para que aquela torturante seleção chegasse ao fim com suas “vara-paus” em forma de gente. Chegou minha vez, eu entro na sala. A responsável pela agência em Milão estava na sala, juntamente com a daqui de Sampa. Pediram para que eu desfilasse, desfilei, e como uma carta na manga, levei as revistas que já tinha feito. Isso se transformou em uma entrevista, não mais em uma seleção padrão para trabalhos de moda. Passei! (fogos: bluf toul toul toul tow) (aplausos: plac plac plac) Juro, não achei que seria tão fácil, além do mais por terem achado tantas qualidades em mim, em seguida chegaram os defeitos. Claro que os encarei com serenidade, pois são os mesmos que eu recrimino todos em dias perante o espelho. Bem, só vou botar realmente fé nesse trabalho quando me ligarem apresentando o contrato (Deus, que isso ocorra, pelo seu amor) fazendo valer assim o que eu vivi no sábado, resumidamente, preciso enrijecer minha musculatura e perder a "celulose" que transforma minha pele em casca de laranja ao invés de uma pele de pêssego. Ainda bem que a tal estria no pompis não chegou em mim. Sei que esse post parece ser totalmente fútil, mas o meu trabalho depende de uma imagem agradável e precisava dividir com a turma esse novo passo, pequeno mas significativo na minha vida... Vamos mudar só um pouco a alimentação e MALHAR, MALHAR, e MALHAR, E voltar a correr, o começo será difícil, mas tenho 2 meses para mudar isso!


A todos uma ótima semana.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Quem conta um conto, aumenta um ponto!

Preciso parar de ler contos... Isso aumenta certos pontos,
e descobri que é um fato!
_______________________
Vou colocar mais uma música do Raul Seixas.
Sei lá né! rsrsrs
QUERO MAIS (Raul Seixas)
Cheiro de mato, cheiro morno o seu chamego Tenho sede o seu suor é água que eu quero beber Lhe faço ferta, faço dengo lhe mordendo E essa coisa vai crescendo lhe derramo em você Ai, ai, ai, eu quero mais Ai, ai, ai, eu quero muito mais O nosso beijo é doce que nem rapa-dura É uma dor que não tem cura que é bom de deixar doer O mundo para enrolado nesse abraço E no disparo do compasso a gente mexe sem querer Ai, ai, ai, eu quero mais Ai, ai, ai, eu quero muito mais Eu quero mais, muito mais dessa brincadeira Se enrolando na esteira coisa boa de brincar Eu sou que nem um vira-lata vaga-bundo E o meu maior prazer no mundo é ter você pra farejar Ai, ai, ai, eu quero mais Ai, ai, ai, eu quero muito mais O nosso beijo é doce que nem rapa-dura... Eu quero mais, muito mais dessa brincadeira..

sexta-feira, 4 de julho de 2008

*Raul, sempre Raul Seixas!*

Raul, sempre consegue dizer algo sobre mim. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: "Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando, foi justamente num sonho que ele me falou" Às vezes você me pergunta Por que é que eu sou tão calado Não falo de amor quase nada Nem fico sorrindo ao teu lado Você pensa em mim toda hora Me come, me cospe, me deixa Talvez você não entenda Mas hoje eu vou lhe mostrar Eu sou a luz das estrelas Eu sou a cor do luar Eu sou as coisas da vida Eu sou o medo de amar Eu sou o medo do fraco A força da imaginação O blefe do jogador Eu sou, eu fui, eu vou Gita gita gita gita gita Eu sou o seu sacrifício A placa de contra-mão O sangue no olhar do vampiro E as juras de maldição Eu sou a vela que acende Eu sou a luz que se apaga Eu sou a beira do abismo Eu sou o tudo e o nada Por que você me pergunta Perguntas não vão lhe mostrar Que eu sou feito da terra Do fogo, da água e do ar Você me tem todo dia Mas não sabe se é bom ou ruim Mas saiba que eu estou em você Mas você não está em mim Das telhas eu sou o telhado A pesca do pescador A letra A tem meu nome Dos sonhos eu sou o amor Eu sou a dona de casa Nos pegue-pagues do mundo Eu sou a mão do carrasco Sou raso, largo, profundo Gita gita gita gita gita Eu sou a mosca da sopa E o dente do tubarão Eu sou os olhos do cego E a cegueira da visão Mas eu sou o amargo da língua A mãe, o pai e o avô O filho que ainda não veio O início, o fim e o meio (2x) Eu sou o início, o fim e o meio (3x)

quarta-feira, 2 de julho de 2008

*Ao Homem da Minha vida!*

Quando feliz,
Ele ri comigo....
Quando não quero papo,
Ele respeita e me faz abrir um sorriso....
Quando estou triste,
Ele é o melhor conselheiro...
Quando estou chorando,
É o colo dele e o cafuné dele...
OS MELHORES DO MUNDO!
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
As crianças são sábias, temos muito o que aprender com elas...principalmente quando elas são tão amadas e nos amam tanto! Fico tão feliz em saber que quando esse bostinha chega da escola e diz para avó dele (minha mãe):
"- Vou ligar para minha tia!
Alô, tia? Tudo bem?
Liguei para falar que te amo! Vou brincar tchau beijo!"
Cara! Juro que isso pra mim não tem preço!
Nathan, TE AMO D+ viu!?